TI: insights valiosos para campanhas digitais

TI: insights valiosos para campanhas digitais

Toda campanha de marketing nasce com o propósito de resolver problemas.

Estes problemas podem ser: aumentar a visibilidade para uma empresa, melhorar a taxa de engajamento ou o volume de conversão de leads para clientes, elevar o volume de vendas nos canais definidos, divulgar soluções ou serviços, entre outros.

Em um universo online cada vez mais concorrido e exigente, só é possível sanar esses problemas com 3 itens valiosos em seu “cinto de ferramentas”:

  1. dados confiáveis;
  2. capacidade de coletá-los;
  3. capacidade de interpretá-los.

 

Por essa razão é que as ações de um time de tecnologia, dentro de agências de comunicação e marketing digital, podem — e devem — ir muito além do suporte técnico ou desenvolvimento de sistemas. Esses são profissionais capazes de trazer e ler insights em todas as etapas das campanhas; desde o planejamento estratégico, passando pela execução e, claro, pelo levantamento de resultados obtidos.

Números, números e mais números

É muito comum interpretar o termo “dado” apenas como informações pessoais, principalmente dentro do marketing digital. Contudo, em tecnologia, os dados são registros brutos que precisam ser organizados e contextualizados para, só então, se transformarem em informação. Quando esses dados e informações são aplicados, finalmente, se tornam conhecimento. Veja o exemplo abaixo:

Gestão de Conhecimento

Esta é a simplificação de um conceito complexo chamado “Gestão de Conhecimento”. Um exemplo prático, visto no dia a dia de uma agência, é aquela lista de problemas que devem ser sanados pelas campanhas. Você sabe, objetivamente, quais os temas, dias e horários de maior impacto para os seus disparos de e-mail? Você sabe quantos touchpoints são necessários para que um lead se torne um cliente?

Coletando dados: ferramentas

Como o recolhimento de dados é essencial, profissionais de TI podem analisar o projeto de cada cliente para entender não só qual ferramenta possui mais aderência, mas também como tirar o melhor proveito de cada uma delas.

Um cenário comum é encontrar clientes que já possuem CRMs e ferramentas de Automação de Marketing contratadas, porém, mal utilizadas ou mal implementadas. Ou, ainda, clientes sem nenhum tipo de ferramenta ou script de análise — nem mesmo Google Analytics — implementado em seu site.

Dando forma à informação: automação de Marketing

Com as ferramentas configuradas, o próximo passo é escolher: como, quais e quando os dados serão captados; e o mais importante: para quais finalidades serão utilizados.

É importante que ações valiosas tenham sempre alguma reação, seja para o lead ou para a empresa. Elas podem ser um clique ou envio de formulário.

Uma forma é ativar gatilhos de ações automáticas, o que reduz a probabilidade de erros em ações manuais. Desde enviar uma notificação para o setor de vendas, sempre que um lead entrar em contato – enviar para o CRM os leads com perfil adequado assim que passarem por algum touchpoint – ou atribuir uma pontuação para cliques em botões específicos.

É possível, também, deixar sempre atualizados os dashboards customizados de análise através dessas automações, mantendo a integridade dos dados.

Este fluxo completo de automação, visualizado como um fluxograma, é facilmente desenhado e implementado pelo setor de TI.

Aplicando o conhecimento: resultados e growth

Você já tem os dados, tornou as ações automáticas e montou os dashboards; sabe quais são as páginas mais visitadas, botões mais clicados e os canais que trouxeram mais conversões. O que fazer agora?

Reaplique o que foi aprendido em outras campanhas, seja na implementação de novas formas de conversão ou no growth das campanhas para melhora de performance.

Conclusão

Do planejamento ao growth, incorporar diferentes perfis profissionais traz benefícios para as suas campanhas. A experiência do seu time de TI vai muito além da configuração de uma ferramenta e será o caminho para tornar a sua estratégia em realidade.

Mayra Araújo, head de tecnologia da PLVR